Erro: As informações do recibo foram corrompidas após sua gravação, no registro MC

Como de uns anos para cá a receita resolveu disponibilizar os programas ReceitaNet e o IRPF para Linux e MacOs, é comum que alguns usuários se deparem diante de um erro ou outro. Eu passei por essa experiência com o erro “As informações do recibo foram corrompidas após sua gravação, no registro MC” quando tentei imprimir ou visualizar o recibo de declaração do IRPF, e graças ao blog do Enrico Luz consegui resolver o problema sem maiores transtornos.

Então vamos a dica para quem usa Ubuntu: abra o terminal que fica em Aplicativos > Terminal;
Vá até o diretório aonde está salvo os arquivos de configuração do seu ReceitaNet ou IRPF;
Depois abra com seu editor de texto preferido no meu caso “vi” e edite o arquivo (.REC) que no meu caso está em /home/alylson/irpf2010/transmitidas corrigindo os caracteres com acento no arquivo do recibo.

Vale ressaltar que a dica é de 2009 e o autor dessa descoberta foi o Diego Viegas.

One Response to Erro: As informações do recibo foram corrompidas após sua gravação, no registro MC

  1. alylson disse:

    Caso o conteúdo do seu arquivo tiver caracteres com ?. Altere com o seu editor favorito, retirando o ponto de interrogação e colocando a palavra correta sem acento. Mas se você verificar que está tudo certo, que nenhum caracter estranho está aparecendo, tente executar o comando: set fileformat=linux. Se ainda assim continuar o erro, tente alterar o tipo do arquivo para utf-8. Abrindo o arquivo com extensão .REC com o Gedit e na opção salvar como faça-o.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: